investigación visual y educación artística

Vacíos, huecos - Vazios, buracos
Diálogo Visual Conceptual entre las ciudades de Porto y València
Diálogo visual conceitual entre as cidades do Porto e València
Conceptual Visual Dialogue between the cities of Porto and València

Sobre el proyecto y como participar -- Sobre o projeto e como participar

VAZ_001: Carla Alexandra Cruz.

Porto. 17 de março de 2018 com um telemóvel Huawei.
Praia do Cabedelo do Ouro, Vila Nova de Gaia.
Pretendi captar a explosão da onda na rocha. A ação do impacto associa sensações opostas, como relaxamento ou inquietude, silêncio ou ruído, conduzindo a uma diversidade de sentimentos ou apenas a um estado de nostalgia ou vazio.

VAZ_002: Pedro Oliveira

Porto. Quando me foi pedido algo para enviar que representasse o vazio ou buraco pensei isto é difícil mas acho que esta foto ilustra o vazio mas no bom sentido. Esta foto é da sala principal (Suggia) da Casa da Música e como dá para entender está vazia de espectadores. Esta foto permite sonhar com algo que aí vem! Esta foto foi tirada do meu telemóvel Huawei Y3 não teve qualquer tipo de edição.

Vaz_003: Rosa Martínez Montañés

València. Cafetería en hostel en la av. del puerto. herramienta de producción: cámara digital canon

Vaz_004: Dolores Fuentes

València. Foto realizada 11 nov 2018 con teléfono móvil.
Calle sin salida, del centro histórico de Valencia, donde las calles son pequeñas, estrechas y no llega el sol.
La pared está pintada y decorada como si fuera la puerta de entrada a un jardín, dando profundidad, color y alegría a un lugar que no lo tiene.

Vaz_005: Marlene Pereira

Porto. Esta foto foi tirada na Casa-Museu Abel Salazar.

Vaz_006: Rosa Martínez Montañés

València. Aula de un colegio público de Valencia. Las aulas sin niños son espacios vacíos que nos inducen a imaginar y soñar las historias que hay detrás de cada pupitre. Cámara Digital Cánon

Vaz_007: Diana Cardoso

Porto. Gondomar. Esta foto em particular foi tirada por um puro acaso. Porém transpareceu aquilo que para mim significa um vazio, por não ter um fundamento ou significado em concreto.
Foto tirada dia 1 de dezembro de 2018, pelo iPhone 7plus.

Vaz_008: Stênio Reis

Porto. Impactos de uma munição de Canhão, ainda presente no Mosteiro da Serra do Pila, na altura das Guerras Liberais, entre os dois irmãos D. Pedro e D. Miguel, a guerra civil travada em Portugal entre liberais constitucionalistas e absolutistas sobre a sucessão do trono real, que durou de 1828 a 1834.